Compartilhe esse post

Correção de valores: como realizar de forma rápida e descomplicada

A correção de valores ou correção monetária (ou ainda atualização monetária) se dá quando atualizamos um valor em dinheiro baseado em um índice específico. Trata-se de um reajuste que compensa a desvalorização de uma moeda ao longo do tempo.

No Direito, a correção de valores é utilizada para atualizar cifras de processos, dívidas, etc. As correções de valores costumam figurar e ser muito necessárias em liquidações de sentença. No Brasil, os índices mais comuns para correção monetária são o IPCA, o IGP-M e o INPC.

Índices para correção de valores

IPCA

O IPCA é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Ele serve para estabelecer a variação de valores de diversos produtos e serviços do mercado comercial. É o principal índice utilizado para “medir” a inflação no Brasil. Por isso, no âmbito jurídico, se usa muito a correção de valores com base no IPCA.

IGP-M

Criado em 1940, o Índice Geral de Preços no Mercado mede as variações de preço no país ao longo do ano. É muito utilizado para reajustes de aluguéis e também é um dos principais indexadores de investimento de renda fixa. O que também o torna muito utilizado no Direito. 

INPC

É o Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Seu objetivo é estabelecer (e/ou corrigir) o poder de compra dos salários ao mensurar variações de preços da cesta de consumo da população assalariada. Também é bastante utilizada no Direito, sobretudo em causas de acidentes de trânsito e também trabalhistas. 

Como calcular correção de valores

A forma tradicional de calcular correção de valores é pela aplicação da taxa do índice desejado ao valor que deseja-se corrigir, considerando também outros fatores, como tempo, etc. Para um advogado, essa matemática nem sempre é confortável. A internet dispõe de algumas calculadoras pagas e gratuitas que ajudam nesses cálculos.

JusCalc: a calculadora ideal para correção de valores

Mas de todas as ferramentas disponíveis para correção de valores a mais completa, simples e confiável é JusCalc. Além de ser 100% online, permitindo realizar cálculos de qualquer lugar e a partir do dispositivo que preferir, ela é intuitiva, perfeita até pra quem não entende nada de cálculos jurídicos ou financeiros.

Com JusCalc, o advogado pode realizar um cálculo até mesmo sem saber que índice aplicar para realizar a correção de valores, já que a interface disponibiliza as opções de cálculos jurídicos que deseja realizar, como pensão alimentícia; aluguel; danos morais; danos materiais; revisão do FGTS; inadimplência e até honorários. 

JusCalc também permite aplicar diferentes índices econômicos, taxas de juros (atuais e passadas) em um mesmo cálculo, e até fazer a apuração da liquidação de sentença. 

Se você precisa realizar cálculos que envolvem correção de valores e não conhece JusCalc, experimente agora mesmo, por sete dias, de forma gratuita, clicando aqui.